quarta-feira, março 10, 2010

Sobre Planos e Sonhos

Sempre fui quem não queria nada, quem fugia. Quem já sabia que a vida é ser sozinha.
Até você chegar e me ensinar a fazer planos, a sonhar. Ensinar que também podemos ser dois.
Não era um amor desesperado, daqueles que doem na alma. Já amei assim e sei o quanto machuca. Era um amor calmo e sereno, desses que planejam não só o agora, o imediato (que eu sabia que não tínhamos), mas que sonhava em mostrar as fotos do casamento aos nossos filhos. É, casamento e filhos...
Talvez você não tenha lido O Pequeno Príncipe e não saiba que “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. Acho que é isso, você não sabe. Nunca soube...



Fica bem.





PS: Escrever no passado, neste caso, é mera licença poética. Pra mim ainda é um futuro a ser planejado.

Marcadores:

5 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

almaa aprisionada?? impedidaa de voaar??
Falaa isso não. =)

segunda-feira, março 15, 2010 10:35:00 PM  
Anonymous Anônimo disse...

li pequeno principe entendo que me torno responsavel pelo que cativo, mas não dono ou orientador. Cada um tem seu caminho e eu não quero o fardo de dizer o que as pessoas devem fazer, seu destino vc cria e se tiver que ser o futuro tá ai sempre correndo e vai jogar algo pra trás e fazer virar presente.

sexta-feira, março 19, 2010 12:13:00 AM  
Blogger Princesa Moderna! disse...

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”.

adoro essa frase, e é algo de muita responsabilidade. beijos

adorei o blog.

sexta-feira, abril 02, 2010 11:00:00 AM  
Anonymous maayara disse...

aah, eu O PEQUENO PRINCIPE, apesar de ser um livro infantil é o melhor de todos.
beijos

sexta-feira, abril 09, 2010 10:07:00 AM  
Anonymous Gabriel disse...

Sonhos são os pensamentos que procuram mover as coisas nas quais precisamos admirar... O amor é algo barulhento e sereno, algo que somente a dois consegue encontrar o equilibrio.

Muito bom o seu blog, uma pena eu nunca te encontrar, meus pensamentos foram conectados as suas ideias, mas nunca chegaram aos seus ouvidos.

It's a basic truth of the human condition that everybody lies. The only variable is about what.

quinta-feira, maio 06, 2010 9:50:00 PM  

Postar um comentário

Sinta-se a vontade...

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial