quinta-feira, junho 24, 2010

Aprendizagem

No fim de tudo foi isso que aprendeu, a brincar com fogo. Se não podia ter a segurança então que pegasse gosto pelo perigo. Convencera-se que a certeza era tediosa e que bom mesmo era viver o beneficio da duvida.

Divertia-se ao ver a surpresa alheia, ao perceber-se assim, tão bem resolvida consigo mesmo. Gostava de despertar uma duvida aqui ou sentimento acolá.

Se é ruim brincar com pessoas? Claro que é, mas também é infinitamente melhor do que ser brinquedo.

Se não podia ter quem queria, também não ia querer mais ninguém.

Marcadores: ,

1 Comentários:

Anonymous Luiz disse...

Brincar com fogo, não é simplesmente arder no fogo da paixão?
Ai não existe segurança, muito menos é ter gosto pelo perigo.
É simplesmente viver e saber que só o tempo poderá mostrar o caminho a seguir.
É aprender a amar e viver cada momento, sabendo que pode se arrepender pelo passo dado, mas nunca por ter vivido um grande amor.

quinta-feira, junho 24, 2010 6:31:00 PM  

Postar um comentário

Sinta-se a vontade...

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial